close

ANÁLISE

logo safra

BBDC4

-

Randon tem queda de 4,5% nas receitas do trimestre

Aumento da ociosidade nas fábricas da Randon resultou em uma menor diluição dos custos fixos, segundo a análise do Banco Safra


A Randon apresentou resultados negativos no primeiro trimestre de 2024. A empresa apresentou uma queda de receita de 4,5% em relação ao ano anterior, relacionada à atualização do sistema ERP em janeiro e à desaceleração da receita no mercado externo.

Além disso, o aumento da ociosidade em suas fábricas devido a paradas para a implementação do ERP (planejamento de recursos empresariais) resultou em uma menor diluição dos custos fixos.

Esses fatores, combinados com despesas não recorrentes, levaram a uma queda de 21,6% no EBITDA da Randon (ou uma queda de 17% se excluirmos esse efeito).

Finalmente, apesar de uma melhora nas despesas financeiras, atribuível ao impacto das flutuações cambiais e da hiperinflação (IAS 29) em suas operações na Argentina, a empresa teve um aumento de 30% com relação ao ano anterior nos impostos, levando a uma redução de 33% no resultado final, para R$82 milhões.

Abra sua conta no Banco Safra.


Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra