close

Aston Martin de James Bond roubado em 1997 pode estar no Oriente Médio

Veículo esportivo dos filmes de 007 é procurado por seguradora e por especialista em roubo de obras de arte há mais de 20 anos

James Bond

Veículo que aparece em dois filmes de James Bond está avaliado em mais de R$ 80 milhões | Foto: Reprodução

Um carro esportivo modelo Aston Martin DB5 usado em dois filmes de James Bond foi localizado no Oriente Médio, depois de ficar desaparecido por mais de 20 anos.

O carro apareceu em dois filmes do detetive 007: Goldfinger (“007 contra Goldfinger”, de 1964) e Thunderball (“007 contra a Chantagem Atômica”, de 1965).

O icônico modelo fabricado em 1964 foi comprado em um leilão em 1986 por US$ 275 mil, o equivalente a auase R$ 1,5 milhão. O comprador foi o construtor imobiliário Anthony Pugliese.

No entanto, o Aston Martin desapareceu de um hangar de aeronaves no aeroporto de Boca Raton, na Flórida. Estava segurado por US$ 4,2 milhões na época, o equivalente a R$ 22,6 milhões pelo câmbio de hoje.

Especialista em arte roubada tem pistas do Aston Martin de James Bond

Agora, um podcast chamado ‘The Great James Bond Car Robbery’, narrado pela atriz e modelo Elizabeth Hurley, traz novidades sobre o caso. Um dos entrevistados, especialista em recuperação de obras de arte roubadas, afirma que o carro do 007 poderia estar em um país no Oriente Médio.

O presidente da Art Recovery International, Christopher Marinello, disse à Fox News que acredita que o carro agora faz parte de uma coleção de 4 mil veículos.

Marinello contou que foi atrás do veículo como um caçador atrás do “Santo Graal” nos últimos 10 anos. Para ele, o carro estaria em posse de um dos maiores colecionadores de carros do mundo. Mas o especialista afirma que ainda não está pronto para garantir em qual país o veículo estaria.

Seguradora oferece recompensa de R$ 540 mil pela localização do carro

Ele afirma ter obtido informações detalhadas sobre um Aston Martin DB5 que poderia ser o mesmo dos filmes do 007. “Esses grandes colecionadores compram muitos tens de luxo, muitas vezes sem passar por due diligence, e quando descobrem que algo é roubado, eles pensam que estão acima da lei e que não é problema deles, mas é problema deles”, afirma o advogado, em reportagem do site do jornal inglês Daily Mail.

Marinello tem procurado o carro para uma companhia de seguros, que está oferecendo US$100 mil (R$ 540 mil) para qualquer um com informações que levem à sua descoberta. Ele afirma que o carro pode valer até US$15 milhões (R$ 81 milhões).

O modelo tinha vidros à prova de balas, placas de número rotativas, metralhadoras escondidas sob as luzes e um dispositivo de rastreamento que ele usa para seguir Goldfinger. Mas o itam mais famoso é o assento ejetor que Bond usa para despachar um passageiro.

Em Thunderball, o carro apareceu com jatos de água nos escapamentos para ajudar James Bond nas fugas.

Abra sua conta

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra