close

Diamante rosa ‘perfeito’ será leiloado em Hong Kong

Joia pode render até US$ 38 milhões no leilão da Christie’s. Entenda por que o diamante rosa é tão valorizado

Diamante Sakura

Pedra com alto grau de pureza será vendida em um anel simples de platina | Foto: Divulgação

A Christie’s vai levar a leilão este mês o que especialistas classificam como diamante rosa mais perfeito do mundo.

A pedra chamada de Sakura – flor de cerejeira, do japonês – pesa de 15,81 quilates e será colocada à venda em Hong Kong no próximo dia 23.

A expectativa da casa de leilões é que seu preço chegue a US$ 38 milhões, o equivalente a cerca de R$ 200 milhões, segundo maior preço pago por um diamante rosa até hoje.

Peso e clareza acirram disputa

Apenas 10% das gemas dessa cor pesam mais que 1 quilate. Mas o que deve acirrar a disputa da martelada pelo Sakura é seu baixo grau de granulação, impossível de se identificar a olho nu, daí sua “perfeição”.

A presidente do Departamento de Joias da Christie’s, Vickie Sek, disse, no anúncio do leilão, que é muito raro um diamante rosa ser classificado como perfeito.

“Esta maravilha da natureza representa uma expressão única de identidade e beleza por seu tom púrpura cativante, que sem dúvida irá capturar os corações de conhecedores e colecionadores”, disse a executiva, no comunicado.

Por que o diamante rosa é mais valioso

Diamantes rosa são acidentes da natureza. A cor rosa ocorre na formação molecular por acaso, mesmo acaso que torna a gema propícia à granulação ausente no Sakura.

Apenas 2% dos diamantes gerados na crosta terrestre têm a cor da flor da cerejeira, alvo dos maiores lances dos últimos tempos nos leilões internacionais.

Foi também em Hong Kong, há cinco anos, o maior arremate de um diamante da história: o CTF Pink Star, de de 59,6 quilates, por US$ 71,2 milhões, em 2017 pelos joalheiros de Hong Kong, Chow Tai Fook. 

Pink Star' diamond sells for record $71.2 million in Hong Kong - YouTube
O CTF Pink Star, diamante rosa mais caro do mundo, leiloado em 2017, em Hong Kong

Embora menos raro que o azul, o diamante rosa passou a ser disputado justamente pela cor da flor-símbolo do Japão.

À sua estrutura peculiar natural, joalherias acrescentaram uma forma de lapidação multifacetada que dá à joia o exato desenho de uma flor, quando vista de frente.

Decagon-shaped, eighty-seven facet and flower-shape cut diamond
A lapidação em 87 facetas é outra diferença em relação aos demais diamantes

O Sakura será leiloado incrustrado em um anel simples de platina.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra