close

Em 18 estados ocupação de leitos de UTI passa de 80%

Subiu para 18 o número de estados brasileiros com mais de 80% dos leitos de UTI para tratamento de covid-19 ocupados

UTI

Diante do risco de colapso na saúde por falta de leitos de UTI, secretários estaduais de Saúde defendem toque de recolher nacional | Foto: Getty Images

Dezoito estados brasileiros estão com mais de 80% dos leitos de UTI destinados ao tratamento da covid-19 ocupados, o que indica a iminência de colapso generalizado do sistema de saúde do País.

O alerta é da pesquisadora Margareth Portela, do Observatório Fiocruz Covid-19, que faz o levantamento para o boletim quinzenal da instituição.

O novo boletim completo só sairá na semana que vem, mas a pesquisadora adiantou a informação sobre os leitos de UTI para o jornal O Estado de S. Paulo. No relatório da semana passada, eram doze os Estados na chamada zona crítica de alerta.

Secretários pedem lockdown

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) defende a adoção imediata de lockdown nos estados em que os leitos de covid-19 tenham alcançado mais de 85% de ocupação.

O órgão defende adoção de toque de recolher das 20h às 6h em todo o País, inclusive nos fins de semana. O Conass também pregou a suspensão do funcionamento das escolas.

Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Piaui, Maranhão, Pará, Tocantins, Amazonas, Rondonia, Acre e Roraima são os 18 Estados em situação mais crítica.

Mesmo nas regiões que ainda não atingiram níveis tão elevados, a situação é crítica, como em São Paulo, que tem cerca de 73% de lotação nas unidades de terapia intensiva e atingiu novo recorde de internações.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra