close

Joaquim Levy: “A economia dos Estados Unidos é Flicts”

Em postagem numa rede social, ex-ministro Joaquim Levy compara o cenário descrito do Livro Bege do Fed com Flicts, a cor criada por Ziraldo

Flicts ny

A mensagem no Livro Bege do Federal Reserve é de que o esfriamento da economia americana continua | Foto: Getty Images

O livro bege do Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, é publicado oito vezes por ano com informações qualitativas sobre a situação da economia americana. O documento é acompanhado por investidores e agentes do mercado interessados no rumo da política monetária da principal economia do mundo. Á última edição, divulgada dia 29 de maio, mostrou que a inflação e o mercado de trabalho americano avançaram em ritmo modesto desde o início de abril até meados de maio.

Em uma postagem na rede social LinkedIn, o diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra, Joaquim Levy, analisou os dados e comparou a situação da economia americana à cor Flicts, que inspirou o primeiro livro infantil do cartunista Ziraldo, em 1969.

Saiba mais

“A mensagem no #BeigeBook é de que o esfriamento da economia americana continua: as expectativas dos agente consultados de modo geral ficaram algo mais pessimistas, em meio a relatos de crescente incertezas e riscos baixistas (outlooks grew somewhat more pessimistic amid reports of rising uncertainty and greater downside risks)”, escreveu o ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy.

“A economia americana é Flicts”

“Os mercados de trabalho mostram um aumento de emprego modesto e em várias regiões o crescimento dos salários anda nos níveis históricos pré-pandemia (Several Districts reported that wage growth was at pre-pandemic historical averages or was normalizing toward those rates). Os aumentos de preços foram modestos, apesar do aumento de certos custos (e queda de outros) e devem continuar assim (Price growth is expected to continue at a modest pace in the near term).
Nos relatórios dos Distritos individuais, o que mais se lê é de crescimento parado (flat), levemente (slightly) crescente ou misto (mixed). Até no Texas está mais devagar.Essas avaliações coligidas pelos Fed regionais até 20 de maio agora são compatíveis com vários indicadores antecedentes. O Fed (e o mercado), no entanto, continua esperando ver para crer, ou para sinalizar queda de juros (em 2021, o Fed também disse que esperaria a inflação subir e o emprego baixar antes de mexer nos juros, não se satisfazendo com projeções). A publicação de hoje faz lembrar que como o imortal Flicts do querido Ziraldo, o Livro Beige não tem a força da publicação do CPI (índice de preço), não tem a imensidão da curva de juros, nem traz a paz de uma “guidance” na Ata do #FOMC, mas olhando de pertinho (como fazem os entrevistados para o Livro Bege), a economia é Flicts”.

Capa do disco com a trilha sonora de Flicts, composta por Sérgio Ricardo | Foto: Reprodução

Livro recebeu prêmio Andersen

Flicts, no livro de Ziraldo, é representado por um tom terroso de bege, definido como uma cor “diferente”, que não consegue se encaixar no arco-íris, nas bandeiras e em lugar nenhum, e que ninguém, a princípio, reconhece seu merecido valor. Ao longo do livro, Flicts vai se conformando que “não tinha a força do Vermelho, não tinha a imensidão do Amarelo, nem a paz que tem o Azul”. Após procurar por seu lugar no mundo, Flicts um dia acaba por deixá-lo. No final é revelado que “de perto, de pertinho, a Lua é flicts”.

O livro ganhou o prêmio Andersen de 2004 da Revista Andersen e a Libreria dei Ragazzi, Milão, recebeu por esta edição o Prêmio Especial Edição Comemorativa da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil).

Abra sua conta no Banco Safra.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra