close

Maior diamante negro do mundo vale US$ 5 milhões

Diamante Negro anunciado como maravilha cósmica pela Sotheby’s está sendo exibido para venda em leilão e lance pode ser pago com bitcoins

Diamante negro

Acredita-se que o diamante tenha sido criado quando um meteorito atingiu a Terra | Foto: Divulgação

O maior diamante negro do mundo foi exibido ao público pela primeira vez nesta segunda-feira, 17, para ser vendido por um preço que pode chegar a US$ 5 milhões, o equivalente a R$ 27,6 milhões pelo câmbio atual.

O diamante chamado ‘Enigma’ foi colocado em exibição em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Acredita-se que o diamante tenha sido criado quando um meteorito ou um asteroide atingiram a Terra há mais de 2,6 bilhões de anos, disse à rede France 24 a especialista em joias da Sotheby’s, Sophie Stevens.

Uma das substâncias mais difíceis de cortar, o diamante de 555,55 quilates nunca foi mostrado por seu dono anônimo nos últimos 20 anos, mas especialistas o transformaram em uma joia de 55 faces.

Diamante negro foi lapidado na forma do símbolo de poder

Sua forma foi inspirada no símbolo de poder e proteção em forma de palma do Oriente Médio, o Hamsa, que também está associado com o número cinco.

O diamente detém o recorde mundial do Guinness Book como o maior diamante já lapidado.

Depois de ficar em exibição em Dubai, o Enigma será levado para Los Angeles e Londres, antes de um leilão on-line de sete dias programado para 3 de fevereiro.

A Sotheby’s chamou a pedra de “maravilha cósmica”. A empresa informou que o leilão aceita criptomoedas, como já foi feito em leilões anteriores.

No ano passado, em Hong Kong, o diamante Key 10138 foi vendido por US$ 12,3 milhões, o equivalente a R$ 68 milhões, e o pagamento foi feito em criptomoedas.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra