close

A visão de Nizan Guanaes sobre o novo mundo

Publicitário concedeu entrevista à série “Cenários”. Além do novo normal, Guanaes recordou com carinho do amigo Joseph Safra

Série é resultante de parceria entre Banco Safra e Estadão. Entrevista foi transmitida ao vivo e pode ser assistida pelo YouTube

O publicitário e empresário Nizan Guanaes foi o entrevistado desta terça-feira, 9, da série “Cenários”. A entrevista, resultado da parceria entre o Banco Safra e o jornal Estadão, foi transmitida ao vivo pelo YouTube.

Nome consagrado da comunicação, Guanaes conversou com a jornalista Sonia Racy e relembrou com carinho de Joseph Safra, fundador do Grupo JSafra.

Ele contou uma história que teve com “Seu José” (como era conhecido por amigos mais próximos e colaboradores) que, segundo ele, mostra como o empresário e filantropo pensava grande.

“Estava em Trancoso (Bahia), há 20 anos, e ele me telefonou e falou, ‘Nizan, quero lhe entregar a conta do meu banco’. Gosto muito dele, mas disse, ‘Seu José, tenho uma conta em outro banco’. Ele disse, ‘Nizan, não se preocupe, não tem conflito, porque meu banco é pequeno’”, disse Guanaes, com bom humor. “Ele decididamente era um homem que pensava grande”.

O publicitário, que faz parte do movimento Unidos pela Vacina, falou sobre o que enxerga no curto e médio prazo para um mundo que se adaptou e se moldou às novas diretrizes impostas pela pandemia de covid-19.

Mudanças

Na visão de Guanaes, o mundo está passando por um momento de “detox de custos”, tanto nos negócios quanto no estilo de vida.

Para ele, as ferramentas digitais, que já se mostravam importantes antes da pandemia, se tornaram as promotoras da eliminação do “gigantismo” vislumbrado pelas companhias e pelas pessoas anteriormente.

“As pessoas me perguntam sobre como vai ser o novo normal. Eu digo que vai ser igual, só que diferente. Você vai mudar os rituais e os processos humanos. Consultório migrarão para um iPad, mas você continua tendo um humano”.

Guanaes vê uma grande oportunidade também para a imprensa, cuja importância foi destacada por ele. “Acho que a imprensa, da mesma forma que o varejo é “phygital”, com pontos físicos e online de vendas, os jornais e as TVs serão híbridos”.

O maior evento esportivo do planeta, o Super Bowl, é um exemplo de sucesso a ser seguido, na visão do publicitário.

A final do futebol americano dos Estados Unidos teve que se reinventar em meio às medidas de distanciamento social para impedir a disseminação da covid-19. O evento realizado em fevereiro foi um sucesso de audiência e girou cifras milionárias por plataformas digitais.

Ao final da conversa, Guanaes voltou a mencionar honrosamente o empresário e amigo Joseph Safra.

“Fico muito feliz de cumprimentar esse grande homem que fez um grande trabalho pelo Brasil e pelo mundo”.

Sobre o entrevistado

Nizan Guanaes é natural de Salvador, Bahia. Se formou em Administração de Empresas pela Universidade Federal de seu Estado natal.

Atualmente, Guanaes realiza o prestigiado curso de gestão global OPM (Owner/President Management) da Universidade Harvard, dos Estados Unidos.

É sócio e cofundador do Grupo ABC de comunicação, que hoje pertence ao Grupo Omnicom, dos EUA. O publicitário também investe em startups brasileiras, como a Dr. Consulta.

Guanaes também é Embaixador da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), reconhecido por sua conduta pública.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra