close

Petrobras ganha peso na carteira do Safra para junho

Confira as ações recomendadas para investir em junho e o peso de cada uma delas na carteira Safra Top 10 Ações

Plataforma

O Safra aumentou a exposição a Petrobras por acreditar que suas ações ainda oferecem bastante desconto | Foto: Getty Images

A atividade econômica no Brasil no primeiro trimestre superou as expectativas, como mostrou o resultado do PIB divulgado pelo IBGE. Os números mostram que o impacto das medidas de isolamento social foram menores que o esperado.

Mesmo com alguns desafios importantes que sugerem desempenho moderado da atividade no segundo semestre, o Ibovespa fechou o mês de maio com nível recorde de pontuação.

Para este mês de junho, o Banco Safra refez ajustes de peso na carteira Safra Top 10 Ações, sem alterar os nomes em relação ao mês anterior.

Em serviços financeiros, o Safra reduziu a exposição a Bradesco (BBDC4) para 12% da carteira. Em siderurgia e mineração, o banco cortou a exposição a Vale (VALE3) em 1 ponto porcentual e aumentamos na mesma proporção a exposição a Gerdau (GGBR4). Em transportes, o peso da CCR (CCRO3) diminuiu em 2 pontos porcentuais.

Já no setor de petróleo e gás, o Safra aumentou a exposição a Petrobras (PETR4) em 3 pontos porcentuais, por acreditar que suas ações ainda oferecem bastante desconto. A estatal assume, com 15%, a posição de maior peso na Safra Top 10 Ações, à frente da Vale, que passa a ter 13%.

Ações recomendadas para junho

Entenda os ajustes na Top 10 Ações

O Safra recomenda a Petrobras e considerando o foco em geração de caixa, controle de custos, desalavancagem e concentração em ativos de águas profundas e ultraprofundas, que o banco acredita que continuarão a ter efeito positivo nos resultados da companhia.

E a perspectiva de recuperação da economia mundial tende a ser positiva para os preços de petróleo, segundo o banco. Embora tanto a legislação quanto o estatuto da empresa tragam alguma proteção contra interferência política, ela ainda é um risco para a empresa e pode potencialmente trazer alguma volatilidade para os papéis à medida que a nova administração anuncie suas novas ações.

No caso da Gerdau, o Safra acredita que a empresa deve continuar a se beneficiar da demanda favorável, tanto nos Estados Unidos, com a retomada econômica no país, vacinação da população e o pacote de infraestrutura do governo Biden, como no Brasil, onde taxas de juros em níveis baixos historicamente favorecem o setor de construção. Os resultados da empresa também devem ser favorecidos pela reposição de estoques na cadeia, que ainda estão baixos, e dos aumentos de preço feitos ao longo do ano passado.

Saiba mais:

Quanto à Vale, apesar da queda recente, segundo o Safra o nível do preço do minério continua em patamares altos e segue beneficiado pela resiliente produção de aço na China e recuperação gradual das economias desenvolvidas.

Além disso, a Vale produz minério com alto teor de ferro, cuja procura deve se sobressair com a busca por maior eficiência e elevados padrões ambientais das siderúrgicas chinesas.

Considerando que a Vale possui um baixo nível de endividamento e não tem necessidade de investimento significativo, o Safra acredita que ela deva continuar a gerar um fluxo de caixa forte que deve se traduzir em pagamentos de dividendos atrativos.

Ações para investir em junho – Banco Safra

Empresa (código) – Setor

  • Bradesco (BBDC4) – Financeiro
  • BTG Pactual (BPAC11) – Financeiro
  • B3 (B3SA3) – Financeiro
  • Via Varejo (VVAR3) – Consumo/Varejo
  • Petrobras (PETR4) – Óleo e Gás
  • Vale (VALE3) – Mineração
  • Gerdau (GGBR4) – Siderurgia
  • Lojas Renner (LREN3) – Consumo/Varejo
  • Assaí (ASAI3) – Consumo/Varejo
  • CCR (CCRO3) – Transportes

Abra sua conta

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio