close

Petróleo cai, apesar da decisão da Opep+ de reduzir produção

Produção de petróleo dos países membros da Opep+ será reduzida em mais 1 milhão de barris por dia; confira os destaques do mercado

Petróleo apresenta queda após decisão da Opep+ em reduzir a produção para o início do próximo ano | Foto: Getty Images

Petróleo apresenta queda após decisão da Opep+ em reduzir a produção para o início do próximo ano (USD81,1/b; -2,14%). Ontem os países membros do grupo concordaram em fazer cortes adicionais de 1 milhão de barris por dia na oferta de petróleo. Os detalhes finais do acordo, incluindo os níveis de produção nacionais, serão anunciados individualmente por cada país, em vez do comunicado comum da Opep+. O minério de ferro apresenta alta (USD131,0/t; +1,10%).

Ontem o Ibovespa apresentou leve alta de + 0,92% no último pregão, cotado a 127.331,12 pontos. O ativo está em tendência de alta no médio prazo e no curto neutra. Na alta, o ativo possui primeira resistência em 128.300 pontos e, caso rompa esse patamar, poderá alcançar sua próxima resistência em 130.750 pontos. Do lado da baixa, o primeiro suporte se encontra na região de 125.000 O próximo fica na faixa de 122.500 pontos.

O Dólar Futuro apresentou alta de +0,44% no último pregão, cotado a 4.944 pontos. O ativo se encontra em tendência de baixa no médio prazo e neutra no curto. Do lado da baixa, o primeiro suporte fica na região de 4.810 pontos. Se perder esse patamar, poderá alcançar o suporte seguinte em 4.700. Já do lado da alta, a primeira resistência do contrato fica na região de 5.070 e a segunda em 5.220.

Exterior:

Ontem na parte da noite saiu o PMI Caixin na China com manufatura subindo mais que o esperado, mas sem mudar a nossa leitura de que a atividade chinesa está de lado. Decisão da Opep+ de corte de produção ontem, mas mercado não comprou o quão efetiva seria esse controle na oferta de petróleo. Leitura do PMI da manufatura na Zona do Euro veio ligeiramente melhor do que era esperado.

Doméstico:

Hoje tem dados de produção industrial com dados de outubro com expectativa de alta de 0,4% na comparação mensal. Notícias de jornal apontam que a inclusão das mudanças no JCP juntamente com as mudanças da MP 1.185 provavelmente não vai rolar, então a discussão sobre o JCP ficará para a pauta do próximo ano.

Empresas:

Petrobras: Cia vai ao Cade para renegociar acordo do governo Bolsonaro que a obriga a vender refinarias: Globo
Braskem: Alckmin pede que ministros acompanhem risco de colapso de mina da Braskem / Governo de Alagoas disse ontem que situação causada pela empresa é preocupante
Itaú: Acionistas aprovam cisão do Itaú BBA
Totvs: Subsidiária vai comprar Ahgora HCM por R$ 380 milhões
Klabin: Cia rebaixada a underperform por Itaú BBA

Agenda do Dia:

09:00 – Brasil – Produção Industrial/Outubro
10:00 – Brasil – PMI Manufatura/Novembro
11:45 – EUA – PMI Manufatura/Novembro
12:00 – EUA – Gastos com Construção/Outubro
12:00 – EUA – ISM Manufatura/Novembro

Fechamento dia anterior

Ibovespa: 127.331 (0,92%)
S&P: 4.568 (+0,38%)
Dólar Futuro: R$4,94 (+0,44%)

Abra sua conta no Banco Safra.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra