close

Planos de saúde corporativos crescem com emprego formal e ações do setor se valorizam

Hapvida é o destaque positivo entre as ações do setor, pela dinâmica de ganhos de curto prazo; Unimed e Amil revertem perdas e Sulamérica e Porto têm desempenhos robustos

Planos de saúde

Em abril, os desempenhos mais notáveis foram exibidos pelas empresas não listadas Unimed e Amil, que reverteram a tendência de perdas | Foto: Getty Images

O número de beneficiários de planos de saúde atingiu 51 milhões em abril. Foram 92 mil a mais no mês e 845 mil beneficiários incorporados no acumulado do ano).

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou seus dados de alta frequência para o número de beneficiários em abril, registrando crescimento de +1,7% em relação ao ano anterior na base de associados (+0,2% m/m), impulsionado pela criação líquida de empregos formais.

Em abril, os desempenhos mais notáveis foram exibidos pelas empresas não listadas Unimed e Amil, que reverteram a tendência de perda observada até então em 2024. A SulAmérica e a Porto Saúde também apresentaram desempenhos robustos, enquanto a Bradesco Saúde e a Hapvida standalone registraram mais um mês de números positivos.

Saiba mais

Por outro lado, a Intermédica (NDI) registrou mais uma rodada de perdas líquidas, o que, na avaliação do Banco Safra, é consistente com as expectativas do mercado, dados os esforços de integração com o sistema Hapvida.

De modo geral, os números foram tranquilos, destaca o Safra, que mantém a HAPV3 como principal escolha no setor de saúde, devido à dinâmica de ganhos de curto prazo e ao sólido posicionamento competitivo de longo prazo.

A Unimed e a Amil reverteram a tendência recente de perdas líquidas, mostrando sinais de recuperação. Seguindo a tendência positiva após um janeiro difícil, a Unimed registrou acréscimos líquidos de +19 mil no mês, o que levou o número acumulado no ano para território positivo (+15 mil).

A Amil também apresentou números decentes em abril (+17 mil), o que, segundo o Safra, é um sinal de força após as perdas de 4 mil nos dados anteriores, embora ainda precise registrar adições líquidas positivas nos meses seguintes para ser positiva no acumulado do ano (-25 mil).

A SulAmérica continua a apresentar números sólidos, com adições líquidas de 15 mil membros em abril e +50 mil membros no acumulado do ano.

O grupo Hapvida registrou um prejuízo líquido de -16 mil. Apesar das adições líquidas de +1 mil para o Hapvida standalone, o prejuízo líquido da Intermédica, de -17 mil, ofuscou o bom resultado. Entretanto, na avaliação do Safra, o prejuízo líquido da Intermédica se deve aos crescentes esforços de verticalização e era amplamente esperado pelo mercado que causasse um maior impacto negativo nas adições líquidas.

A Bradesco Saúde e a Porto Saúde também apresentaram bons números em abril, com +5 mil e +16 mil (a BBDC registrou uma perda líquida de -18 mil no acumulado do ano, enquanto a Porto Saúde, +37 mil no acumulado do ano).

Planos de Saúde crescem e compensam perdas dos planos de afinidade

Os planos corporativos apresentaram 116 mil adições líquidas, compensando os números negativos dos planos de afinidade, enquanto os planos individuais continuaram crescendo. Os planos corporativos cresceram para 36,1 milhões de membros de planos de saúde (+116 mil no mês, +318 mil no acumulado do ano) em abril, mais do que compensando a tendência dos planos de afinidade, que caíram para 6,1 milhões de membros (-39 mil no mês, -112 mil no acumulado do ano).

Por outro lado, os planos individuais mantiveram o ritmo de crescimento dos últimos dois meses, registrando adições líquidas de +15 mil. De modo geral, as adições líquidas de planos corporativos, que são impulsionadas pela criação de empregos formais, estão mais do que compensando os números dos planos de afinidade.

Números positivos para todas as regiões, com destaque para o Sudeste. Os planos de saúde da Região Sudeste atingiram 30,8 milhões de beneficiários (+60 mil no mês e +106 mil no ano), com destaque para o Estado de São Paulo, com +41,5 mil adesões líquidas, enquanto Rio de Janeiro e Minas Gerais apresentaram números menos atraentes, com +6 mil e 8 mil, respectivamente.

Em seguida, a região Centro-Oeste alcançou 3,6 milhões de beneficiários de planos de saúde (+11 mil no mês e +31 mil no acumulado do ano) e a região Sul, 7,4 milhões de beneficiários, com +15 mil no mês e +18 mil no acumulado do ano.

As regiões Norte e Nordeste atingiram 1,9 milhão (+2 mil no mês e +18 mil no acumulado do ano) e 7,3 milhões (+4 mil no mês e 16 mil no acumulado do ano) de associados, respectivamente.

Os associados de planos odontológicos atingiram 33,1 milhões em abril. As adições líquidas foram de 389 mil no mês, levando a base a crescer +565 mil no acumulado do ano. As adições líquidas da Odontoprev totalizaram +13 mil, uma desaceleração em relação aos números de março, mas ainda em território positivo, totalizando 8,230 milhões de beneficiários.

Abra sua conta no Banco Safra.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra