close

Giannis Antetokounmpo: o gigante da final da NBA

Apelidado de “Aberração Grega”, jovem liderou o Milwaukee Bucks na conquista do título da NBA, após uma espera de 50 anos

Giannis Antetokounmpo olhando de lado posado

Antes de se tornar oficialmente cidadão grego, Giannis Antetokounmpo foi apátrida até os 18 anos de idade | Foto: NBA

Os holofotes que um dia foram do lendário – e bilionário – Michael Jordan hoje são do gigante de 26 anos e de nome difícil: Giannis Antetokounmpo.

Astro e destaque do Milwaukee Bucks, o grego ajudou sua equipe a chegar ao título após 50 anos da conquista de seu único troféu nesta terça-feira, 20.

O triunfo veio após a vitória por 105 a 98 sobre o Phoenix Suns, que encerrou a série melhor de sete jogos, por 4 a 2.

Nesse sentido, Giannis Antetokounmpo foi responsável por quase metade da pontuação dos Bucks, com 50 pontos, e foi considerado o jogador mais valiosos das finais – o chamado “MVP”.

Giannis (ao centro) comemora o segundo título dos Bucks e seu primeiro| Foto: NBA

Fora isso, o ala-pivô de 2,11 metros de altura conseguiu 14 rebotes e cinco tocos, o que lhe conferiu um duplo-duplo (quando o jogador tem mais de “10” em dois quesitos diferentes das estatísticas).

Atualmente, Giannis – como é popularmente chamado nos Estados Unidos – é detentor do maior salário da história da NBA: US$ 228,2 milhões (quase R$ 1,2 bilhão) distribuídos entre cinco anos de contrato.

Quem é Giannis Antetokounmpo

Nascido em Atenas, na Grécia, Giannis Antetokounmpo tem pais nigerianos. Foi apátrida (sem nacionalidade) até completar 18 anos.

O gigante começou a jogar basquete na equipe juvenil do Filathlitikos, da capital grega.

A partir de 2011, entrou para o elenco sênior de sua primeira equipe e, em 2013, foi selecionado no Draft (evento de escolha de jovens talentos das universidades dos EUA e do mundo) da NBA pelo próprio Milwaukee Bucks.

Para se mudar para a América do Norte, o jogador teve que tirar documentos pela primeira vez na vida e teve seu processo de impressão de passaporte travado na Grécia por dois anos. O país vivia um caos político e financeiro.

Postagem de Giannis Antetokounmpo, após renovar contrato com o Milwaukee Bucks | Foto: Reprodução/Instagram
Postagem de Giannis Antetokounmpo, após renovar contrato com o Milwaukee Bucks | Foto: Reprodução/Instagram

Suas habilidades e evolução foram tamanhas ao entrar para a liga estadunidense que ele ganhou o apelido de Greek Freak (aberração grega, em inglês).

Em 2016/2017, o atleta ganhou o prêmio de jogador que mais evoluiu – o “MIP” – e conquistou o MVP da temporada regular de jogos duas vezes, entre 2018 e 2020.

No último campeonato, os Bucks foram eliminados na semifinal da Conferência Leste da NBA pelo Miami Heat, que à época estava lesionado.

Desta vez, Giannis Antetokounmpo quase ficou de fora das finais contra os Suns após uma lesão no joelho durante a final de sua conferência contra o Atlanta Hawks.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Para investir sério conte com especialistas