close

Avião Rolls-Royce elétrico voa pela primeira vez

Fruto de programa sustentável, o ‘Spirit of Innovation’ planou por cerca de 15 minutos e tem investimento do governo do Reino Unido

Avião elétrico da Rolls-Royce, Spirit of Innovation, em voo

Equipada com trem de força de 400 quilowatts (kW), a aeronave foi criada dentro do programa ACCEL – Acelerando a Eletrificação do Voo | Foto: Divulgação/Rolls-Royce

A Rolls-Royce realizou nesta semana o primeiro voo de seu avião 100% elétrico.

O recém-criado Spirit of Innovation planou nos céus do Reino Unido por cerca de 15 minutos

Equipada com um trem de força de 400 quilowatts (kW), a aeronave é produto do programa ACCEL – Acelerando a Eletrificação do Voo, em tradução livre.

A companhia britânica, famosa pelos veículos de luxo, tem como parceiros no projeto a fabricante de motores elétricos YASA e a especialista em controle de voo Electroflight.

A YASA é subsidiária da montadora alemã Mercedes-Benz. A Rolls-Royce planeja que seu avião elétrico ultrapasse a velocidade de 482 quilômetros por hora.

Spirit of Innovation em pleno voo | Foto: Reprodução/Twitter/Rolls-Royce
Spirit of Innovation em pleno voo | Foto: Reprodução/Twitter/Rolls-Royce

Apoio governamental ao projeto da Rolls-Royce

Em um comunicado, a empresa disse que o voo inaugural da aeronave marca “o início de uma intensa fase de testes de voo”.

Isso envolverá a coleta de dados de desempenho em seu sistema de energia elétrica e propulsão, informou.

O programa ACCEL tem apoio direto do governo do Reino Unido por meio do Instituto de Tecnologia Aeroespacial (ATI), em parceria com o Departamento de Negócios, Energia & Estratégia Industrial e Inovação do país.

Segundo o portal CNBC, o financiamento do projeto por parte do governo chegou a 50%.

De acordo com o secretário britânico de negócios, Kwasi Kwarteng, o voo foi “um grande passo à frente na transição global para formas de voo mais limpas”.

Olhando mais à frente, a Rolls-Royce comunicou que usará a tecnologia desenvolvida em aeronaves de uso regional, como nos eVTOL (veículo elétrico de decolagem e pouso vertical).

Além disso, a empresa trabalha com a companhia aérea norueguesa Wideroe para entregar ao mercado um avião comercial de passageiros totalmente elétrico.

Financiamento do projeto por parte do governo britânico chega a 50% | Foto: Divulgação/Rolls-Royce
Financiamento do projeto por parte do governo britânico chega a 50% | Foto: Divulgação/Rolls-Royce

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra