close

São Paulo tem recorde de internações em UTIs

Em julho, o pico de internações em UTIs foi de 6.250 no Estado. Agora o número chega a 6.410, e há variantes do vírus em circulação

UTIs tem recorde de internaqcao

Profissionais de saúde temem o efeito das novas variantes do vírus, com maior velocidade de contágio | Foto: Getty Images

O Estado de São Paulo bateu novo recorde de internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), após aumento de 5,6% na última semana em relação à anterior.

Em julho de 2020, o pico de internações em UTIs foi de 6.250. Nesta semana o total de internados em UTIs no Estado chegou a 6.410.

O interior paulista é o maior foco de atenção, e especialistas temem novas variantes do Sars-CoV-2 como a que provocou aumento da velocidade de contágio em Manaus, e já se espalhou por outras regiões.

“Ultrapassamos o maior número da história da pandemia e temos de ter uma atenção especial a algumas regiões do Estado”, comentou Jean Gorinchteyn, secretário da Saúde de São Paulo.

Araraquara está em lockdown

Algumas cidades do interior do Estado, por causa do aumento da pandemia e do colapso no sistema de saúde, decretaram lockdown. Araraquara é um dos municípios que fecharam tudo – incluindo supermercados – para tentar conter a contaminação.

Segundo João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência da Covid-19, o governo analisa novas medidas restritivas extraordinárias, que serão anunciadas na quarta-feira, para vigorar a partir de sexta-feira.

São Paulo pode restringir mobilidade

Entre as medidas propostas ao governo do Estado pelo Centro de Contingência da Covid-19 está a redução da mobilidade, disse Gabbardo.

O Plano São Paulo é o programa estadual de reabertura econômica, que tem quatro níveis de risco, classificados por cor, com regras para o funcionamento de atividades. A classificicação é feita de acordo com o número de infecções e mortes, ocupação de leitos, dentre outros fatores. Pelo menos quatro regiões do Estado (Presidente Prudente, Barretos, Araraquara/São Carlos e Bauru) estão no alerta máximo.

Atualmente, a taxa de ocupação de leitos no Estado de São Paulo está em 67,9%. Nesta segunda-feira, 22, foram registrados 1.978.477 casos, sendo 2.550 nas últimas 24 horas, e o Estado atingiu a marca de 57.842 mortes, sendo 43 óbitos registrados nas últimas 24 horas.

Bahia decreta toque de recolher

Outros Estados brasileiros tentam conter a disseminação do coronavírus. A partir desta segunda, já começam a valer na Bahia as medidas restritivas mais severas. O toque de recolher passa a ser das 20h às 5h do dia seguinte – até então, o horário era das 22h às 5h.

Já no Rio Grande do Norte, o governo estadual publicou no sábado um decreto restringindo o horário de funcionamento de bares e restaurantes. Esses empreendimentos só poderão funcionar até às 22h. Barreiras sanitárias serão criadas nas regiões de divisa com a Paraíba e Ceará.

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio