close

Com alta de juros, Safra ajusta exposição da carteira de fundos imobiliários

Fundos de CRIs passam a ter o maior peso setorial na seleção de FIIs em setembro, com participação de 35%. Veja a nova composição

Imagem aérea de prédios e bandeira do Brasil em destaque em Goiânia, alusiva à carteira de fundos imobiliários do Safra de setembro

Para aproveitar a alta de juros, saiu da recomendação o FII Pátria Logística (PATL11) e entrou o Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11) | Foto: Getty Images

Carteira de Fundos Imobiliários sugerida pelo Banco Safra traz para o mês de setembro uma troca em relação à seleção de agosto.

Dessa forma, sai o fundo imobiliário Pátria Logística (PATL11) e entra o Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11).

Com isso, o objetivo é ganhar exposição ao atual ciclo de alta na taxa básica de juros, a Selic. Confira a nova composição:

Fundos imobiliários recomendados para investir em setembro

Fundo (código) – Segmento – Peso na carteira

  • JS Real Estate (JSRE11) – Escritórios – 10%
  • Vinci Offices (VINO11) – Escritórios – 10%
  • CSHG Renda Urbana (HGRU121) – Híbrido – 10%
  • TRX Real Estate (TRXF11) – Híbrido – 7,5%
  • Bresco Logística (BRCO11) – Logística – 10%
  • RBR LOG (RBRL11) – Logística – 10%
  • XP Malls (XPML11) – Shoppings – 7,5%
  • Kinea Recebíveis Imobiliários (KNCR11) – Ativos Financeiros – 10%
  • BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11) – Ativos Financeiros – 7,5%
  • Kinea Índice de Preços (KNIP11) – Ativos Financeiros – 10%
  • CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11) – Ativos Financeiros – 7,5%

O fundo da Kinea tem 93,5% de seu patrimônio alocado majoritariamente em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) com indexação em CDI mais uma parcela prefixada (‘CDI+’).

Nesse sentido, os setores mais representativos no portfólio de CRIs do fundo são lajes corporativas, com 43,7%, e shoppings, com 27,4%.

Além disso, o Safra elevou os pesos na exposição a XP Malls de 5% para 7,5% e a Kinea Índice de Preços de 5% para 10%.

Saiba mais

Por outro lado, houve redução para 7,5% na exposição a BTG Pactual Crédito Imobiliário, CSHG Recebíveis Imobiliários e TRX Real Estate.

Com isso, o setor de logística deixou de ter a maior participação na carteira de fundos imobiliários de setembro do Safra, ultrapassado pelos fundos de CRIs.

Adicionalmente, a tese completa de investimento para cada papel na carteira de fundos imobiliários para setembro pode ser lida por este link.

Desempenho da carteira

Atualmente, o rendimento anual estimado para o portfólio é atualmente de 8,4%.

O último resultado foi desvalorização de 2,36% desde 9 de agosto de 2021, contra uma queda de 1,50% do Ifix no mesmo período.

Por fim, os destaques positivos de performance foram:

  • Vinci Offices (+2,19%);

  • CSHG Recebíveis Imobiliários (+1,56%);

  • XP Malls (+0,33%).

Em contrapartida, do lado negativo ficaram em evidência os seguinte os ativos:

  • JS Real Estate (-8,46%);

  • Pátria Logística (-7,57%);

  • Bresco Logística (-3,89%).

Abra sua conta

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra