close

O que é o Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Oferecido por instituições financeiras para captar recursos, produto é acessível dentro dos investimentos em renda fixa. Veja os detalhes

Pessoa guardando moeda em cofrinho em forma de porquinho, alusivo ao investimento em CDB

Instituições que emitem os títulos CDB remuneram os investidores com juros superiores ao da poupança | Foto: Getty Images

Oferecido por diversas instituições financeiras, o CDB (Certificado de Depósito Bancário) é considerado uma porta de entrada à diversificação de investimentos.

Para entender como funciona o produto e investir com segurança, navegue pelo menu abaixo e vá ao ponto desejado.:

O que é CDB

Um Certificado de Depósito Interbancário é um título de renda fixa (saiba tudo aqui) emitido por instituições financeiras para captar recursos.

Em contrapartida, o banco que realiza a emissão remunera o investidor com juros superiores ao da poupança.

Sendo assim, é de extrema importância que esse certificado seja emitido por uma instituição sólida e confiável.

Isso assegura que o investidor não corra qualquer risco com relação à sua própria remuneração e proteção do patrimônio investido.

Como funciona

Os títulos de CDB têm duas principais características: prazo e indexador.

Dessa forma, os prazos variam de acordo com cada título e podem ter liquidez (velocidade com que o investidor pode resgatar o recurso) diária ou apenas no vencimento.

Porém, o investidor pode vender antecipadamente os títulos no mercado secundário.

Dessa forma, os mesmos sofrerão variações no preço de venda de acordo com as condições do mercado no momento.

No caso dos indexadores, o mais comum nesta modalidade é o CDI, o Certificado de Depósito Interbancário (entenda o que é).

Além disso, outra vantagem é a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), o que traz mais segurança para você realizar as suas aplicações.

No entanto, vale destacar que o FGC garante até R$ 250 mil do total de créditos elegíveis por instituição financeira ou mesmo conglomerado financeiro.

Abra sua conta

Rentabilidade do CDB

Nesse sentido, existem três formas de rentabilizar os recursos aportados em um CDB. São eles:

  • Prefixado
    Você sabe exatamente qual é a rentabilidade prevista do CDB no momento do investimento, já que a taxa de juros é determinada no ato da aplicação.

  • Misto
    Uma parte da remuneração é prefixado e a outra é pós-fixada. Ou seja: há uma taxa de juros fixa mais um indexador variável, normalmente, nessa modalidade, é o IPCA.

  • Pós-fixado
    Apesar de conhecer a taxa de rendimento ao investir, os ganhos são variáveis, uma vez que os títulos são atrelados a algum índice previamente definido, normalmente o CDI.

Liquidez

diferentes alternativas de liquidez que permitem que o investimento em CDB com foco no curto, médio e longo prazo.

Dessa forma, existem dois tipos de liquidez nos títulos. São eles:

  1. Diária
    Na liquidez diária, o resgate dos títulos de CDB pode ser feito a qualquer momento.

  2. Data de vencimento
    Há um período de carência e os juros do título são pagos apenas após o prazo final.

Imposto de Renda

Por fim, o Imposto de Renda do Certificado de Depósito Bancário é retido na fonte.

Além disso, ele acompanha a tabela regressiva. Portanto, quanto mais tempo permanecer com o título, menor será a incidência do imposto:

  • De 0 até 180 dias: 22,5%
  • De 181 até 360 dias: 20%
  • Entre 361 e 720 dias: 17,5%
  • Acima de 721 dias: 15%

Saiba mais

Assine o Safra Report, nossa newsletter mensal

Receba gratuitamente em seu email as informações mais relevantes para ajudar a construir seu patrimônio

Invista com os especialistas do Safra